Espumante Brasileiro Amitie Brut Metodo Charmat

Amitié Brut Método Charmat

Ref.: 0033 Compra Segura

Espumante brasileiro equilibrado e elegante Amitié Brut Método Charmat com blend de uvas Chadornnay e Malvasia

R$ 49,90 Em até 3x de R$ 16,63 sem juros

Escolha uma opção

Produto indisponível

Compartilhe

Espumante Brasileiro Amitié Brut Método Charmat

Uva: 40% Chardonnay e 60% Malvasia

Pais: Brasil

Cor: Límpido, de coloração amarelo palha com reflexo cristalino e de intensa perlage.

Aroma: Aroma intenso de flores com um toque de frutas.

Degustação: Equilibrado, apresentando um ótimo volume de boca. A acidez é equilibrada e refrescante. Salada com camarões, frutos do mar como lagosta, salmão e camarão com molhos mais encorpados e carnes brancas

Teor alcoólico: 12,500%

Branco

Blend

Chardonnay

Chardonnay é a uva branca de maior sucesso em todo o mundo, está para os brancos assim como a Cabernet Sauvignon para os tintos. A casta é originária da Borgonha, onde há vinhos maravilhosos, incrivelmente elegantes e complexos. No Novo Mundo, consagrou-se na Califórnia, Austrália, Chile, Argentina, África do Sul, Nova Zelândia, Brasil e muitos outros locais. Na Europa, também produz grandes vinhos em muitas regiões. Há vários estilos diferentes, alguns mais elegantes, outros mais exuberantes. A casta Chardonnay se presta muito bem ao envelhecimento em carvalho. No entanto, como para qualquer uva de muito sucesso, existem também diversos exemplares de menor qualidade, e é essencial prestar atenção ao nome do produtor.  Certamente a mais famosa e popular das uvas brancas, a Chardonnay é uma casta que pode assumir diversas personalidades, dependendo de onde é cultivada e como é vinificada. Considerada a rainha das uvas brancas, é a matéria-prima dos grandes vinhos brancos franceses da Borgonha – os mais caros e disputados vinhos brancos do planeta. É uma uva neutra e de fácil cultivo, sendo encontrada em praticamente todas as regiões produtoras de vinho ao redor do mundo. Chardonnay é fruto de um cruzamento natural entre a uva Pinot Noir e a casta Gouais Blanc, e seu nome é o mesmo que o de um vilarejo perto de Uchizy, na região de Mâcon, no sul da Borgonha. A uva é reconhecida desde o século XVI, quando era plantada do extremo sul da Borgonha até Champagne. Os vinhos elaborados com a uva Chardonnay podem ter os mais variados estilos que caracterizam um branco: desde leve e neutro aos mais encorpados e longevos, passando pelos espumantes e até os vinhos de sobremesa. Mesmo os vinhos elaborados na região produtora mais emblemática desta uva – a Borgonha – podem ser completamente distintos. O famoso Chablis, por exemplo, é um branco fresco e mineral, produzido sem influência de barricas de carvalho. Já o encorpado Meursault, é denso e potente, com notas típicas da maturação em barricas. Nos países do Novo Mundo, notadamente mais quentes, os vinhos podem combinar as notas de carvalho com uma acidez mais baixa e notas amanteigadas, em um estilo fácil de beber. Os exemplos mais comerciais desse estilo de Chardonnay geraram nos enófilos menos avisados um preconceito contra a casta. Mas se analisarmos todos os estilos de Chardonnay disponíveis no mercado, concluiremos que há pelo menos um tipo capaz de agradar qualquer amante de vinho. Os vinhos mais simples, como alguns da América do Sul e sul da França, podem ser servidos mais gelados e devem ser consumidos ainda jovens, enquanto os melhores vinhos podem durar décadas e necessitam de uma temperatura mais alta, em torno de 12o C, para mostrarem todas as suas qualidades. O maior exemplo de todos é o grandioso Montrachet, que pode evoluir por décadas... E custar pequenas fortunas! 

Malvasia

A uva branca Malvasia tem sua origem na Grécia Antiga, quando já possuía grande relevância para a produção vitivinícola e servia ao consumo de vinhos da elite grega. A variedade ganhou ainda mais notoriedade com a ascensão da região de Bordeaux e com o sucesso dos excelentes vinhos doces produzidos nas Ilhas Canárias, arquipélago espanhol localizado próximo ao Marrocos. A Malvasia é uma uva forte e de bons rendimentos, que dá origem a vinhos renomados e conhecidos em todo o mundo, participando, inclusive, da elaboração de grandes nomes como os Vinhos do Porto, Vinhos Madeira, os Vinhos Frascati e os reputados Chianti. É quase impossível definir um único estilo para os vinhos elaborados a partir da uva Malvasia, e isso se dá devido à amplitude de subvariedades que essa casta apresenta. No entanto, as notas de aromas frequentemente encontradas nos seus vinhos brancos são as de damasco, pêssego e passas brancas. Já nos vinhos tintos, encontram-se notas de chocolate e, com o envelhecimento da Malvasia, os exemplares tendem a apresentar sabores e aromas de nozes. O vinho “15 Years Old Malmsey Rich”, do produtor Blandy’s, é elaborado com a presença da uva Malmsey, subvariedade da casta Malvasia, cultivada em vinhedos da Ilha da Madeira, em Portugal. Ideal para ser degustado com frutas secas, tortas e chocolates amargos, o vinho é envelhecido por 15 anos em casco de carvalho e recebeu 92 pontos da renomada revista Wine Spectator. Existem inúmeras subvariedades da uva Malvasia, os tipos de uvas brancas mais conhecidos são a Malvasia di Candia, Malvasia Bianca di Candia, Malmsey, Verdina, Malvoisier, Luvarella, Malvasia del Lazio e Malvasia Puntinati. Já entre as subvariedades de uva tinta, as mais reputadas são a Malvasia Parda e a Malvasia Nera. Há notáveis diferenças entre as subvariedades desse tipo de uva, entretanto, algumas características essenciais podem ser encontradas em todas elas, como, por exemplo, sua melhor adaptação a climas secos e solos bem drenados, localizados em terrenos inclinados, de forma que favoreçam o escoamento da água, uma vez que em climas úmidos, a Malvasia é mais propensa ao desenvolvimento de doenças fungicas como o oídio e a podridão. A uva Malvasia pode ser encontrada com maior facilidade em vinhedos de regiões da Itália, Espanha e Portugal, entretanto, isso não impede que esse tipo de uva também seja cultivado em diversos outros locais do mundo, da Califórnia à Croácia, passando por Brasil e Austrália.

Brasileiro

O Brasil é um produtor recente de vinhos no novo mundo. Sua produção está centralizada em 5 regiões principais: Vale do São Francisco, São Roque, Sul de Minas Gerais,Serra Catarinense, Rio Grande do Sul.

O grande destaque na produção brasileira de vinhos, são os espumantes, considerados entre os melhores do mundo.

Não safrado

750 ml

Tamanho da garrafa 750 ml - Padrão

Produtos Relacionados

Alamos Chardonnay Branco 2015

R$ 79,90

3x de R$ 26,63 S/ JUROS

Emilia Nieto Senetiner Rosé Malbec safra 2013

R$ 57,90

3x de R$ 19,30 S/ JUROS

M.O.B. Reserva Blend Tinto 2012

R$ 279,90

3x de R$ 93,30 S/ JUROS

Receba nossas ofertas e novidades