Vinho Argentino Astica Sauvignon Blanc/Semillón Branco 2015
-20%

Astica Sauvignon Blanc/Semillón Branco safra 2015

Ref.: 468 Compra Segura

Vinho Argentino Astica Sauvignon Blanc/Semillón Branco 2015

R$ 32,00 R$ 25,60 Em até 3x de R$ 8,53 sem juros

Escolha uma opção

Produto indisponível

Compartilhe

Vinho Argentino Astica Sauvignon Blanc/Semillón Branco 2015

Astica significa "flor" na linguagem nativa da região de Mendoza, o Huarpe. É uma linha de vinhos varietais e bi-varietais elaborados com uvas de vinhedos especialmente selecionados da região de Cuyo, famosa por vinhos frescos, jovens, frutados e ideais para consumo diário.

Uva: 60% Sauvignon Blanc e 40% Semillón.

Pais: Argentina

Safra: 2015

Cor: Amarelo claro com reflexos esverdados.

Aroma: Frutas brancas e cítricas.

Degustação: Limpo, frutado e refrescante. Aperitivo, canapés frios, saladas em geral, peixes grelhados, frutos do mar e queijos leves.

Teor Alcoólico: 13,000%

Branco

Blend

Sauvignon Blanc

A casta Sauvignon Blanc é outra uva branca de muito sucesso, originária da região de Bordeaux, onde produz grandes vinhos brancos, bastante ricos e exuberantes. Também é muito encontrada no Vale do Loire, em vinhos finos, elegantes e cheios de charme, como os Sancerre e Pouilly-Fumé. Na região de Bordeaux, a casta é normalmente utilizada em vinhos de corte, junto com a uva Semillon. Já os melhores rótulos franceses elaborados com a casta são produzidos na região noroeste da França, no Vale do Loire, alcançando grande fama mundial. O vinho branco da casta Sauvignon Blanc da região do Loire possui alta acidez, se tornando uma excelente opção para apreciação e degustação durante refeições. Ganhando bastante destaque na Nova Zelândia atualmente, os rótulos possuem sabor frutado bastante concentrado, eliminando a presença da dureza mineral que é encontrada nos vinhos elaborados no Vale do Loire, sendo ideal para acompanhar salmão defumado e queijo de cabra. O destaque para a vinificação da casta Sauvignon Blanc na Nova Zelândia ocorre atualmente por conta da técnica criada pelos enólogos do país, que conseguem colher a uva em diferentes estágios de amadurecimento, obtendo bastante corpo. Graças a essa moderna técnica, os vinhos são bastante complexos, com grande presença de aromas minerais e notas de flores. Sabe-se que a casta Sauvignon Blanc dos vinhedos da Nova Zelândia possui mais ésteres e methoxypirazinas do que as vinificadas em outras regiões do mundo, características essas que podem ser as responsáveis pelos aromas únicos encontrados nas uvas dessa região. Vinificada próxima ao mar, a casta Sauvignon Blanc possui bastante influência oceânica na Nova Zelândia, na região de Marlborough, possuindo nos rótulos aromas de aspargos, ervas, lima e maçã verde. Já em regiões com clima mais quente, como o Chile, o aroma se aproxima mais de maçã vermelha, demonstrando um caráter mais maduro. De personalidade marcante, a casta Sauvignon Blanc se desenvolve também em regiões com climas frios. Em locais com temperatura mais baixa os vinhos são extremamente aromáticos e frescos, com ótima acidez e aromas mais verdes, lembrando grama cortada e frutas cítricas, por exemplo. No Novo Mundo a uva Sauvignon Blanc é bastante cultivada no Chile, África do Sul, Estados Unidos e Austrália, além da Nova Zelândia, região em que a uva Sauvignon Blanc vem ganhando cada vez mais destaque. 

Semillon

A uva Sémillon é o ingrediente principal dos vinhos doces brancos de Sauternes e dos vinhos brancos secos de Pessac-Leognan. A casta é, em geral, combinada com a cepa Sauvignon Blanc na região de Bordeaux, na França. Em outras partes do mundo, a casta pode ser encontrada em cortes com MuscadelleOriginária da região de Sauternes, seu nome é derivado da pronúncia local de Saint-Emilion, embora não se tenha registros de vinhos produzidos com a uva nos arredores da cidade. Uma casta de altíssima qualidade, a uva Sémillon tem sua área cultivada relativamente pequena, sendo a maior parte bastante concentrada na região de BordeauxA casta Sémillon é bastante suscetível ao ataque de “Botrytis Cinerea”, fungo bastante conhecido por ocasionar um dos mais famosos termos do mundo do vinho, a “podridão nobre” nas vinhas. Aparecendo nos vinhedos principalmente no inverno, o “Botrytis Cinerea” perfura a casca da uva e absorve todos os líquidos da fruta, tornando a cepa mais concentrada em açúcar. Os vinhos elaborados a partir da cepa atacada pelo fungo (botritizadas) se tornam bastante aromáticos e licorosos, podendo ser classificados como os melhores vinhos de sobremesa e os melhores rótulos produzidos a partir da casta SémillonAs características e aromas que a casta propicia aos vinhos brancos diferenciam-se de uma região para outra por conta do terroir, além do seu tempo de guarda. Os exemplares elaborados com a casta Sémillon podem ser bastante leves e cítricos ou aromáticos e complexos, quando amadurecidos em barris de carvalho. Apesar de ser tradicionalmente cultivada na região de Bordeaux, na França, a casta é também encontrada na Nova Zelândia, Austrália e Estados Unidos. Com excelentes exemplares de vinhos, incluindo os da uva Sémillon botrititizadas

Argentino

Os vinhos argentinos têm chamado atenção de críticos e apreciadores da bebida.

O motivo? A Argentina é o quinto maior produtor de vinhos do mundo, além de ser a região vinícola de maior destaque e prestígio em toda América do Sul.

2015

Colheita das uvas e produção do vinho na safra 2015

750 ml

Tamanho da garrafa 750 ml - Padrão

Produtos Relacionados

Catedral Dão Reserva Blend Tinto 2013

R$ 59,90

3x de R$ 19,97 S/ JUROS

0%

.Nero Celebration Brut

R$ 39,90 R$ 39,90

3x de R$ 13,30 S/ JUROS

Fantini Farnese Tinto Montepulciano 2015

R$ 76,90

3x de R$ 25,63 S/ JUROS

Receba nossas ofertas e novidades