Vinho Americano Motto Unabashed Tinto Zinfandel 2014

2373

Por: R$ 89,90

R$ 89,90 (com 0% no boleto à vista)

em até 1x de R$ 89,90 sem juros no cartão

comprar
Frete
Compartilhe:
  • País: Estados Unidos
  • Região: Califórnia
  • Safra: 2014
  • Tipo: Tinto
  • Uva: Zinfandel
  • Volume: 750 ml
  • Teor alcoólico: 13.5000%
  • Validade: Validade indeterminada desde que conservado com a sua vedação original em local seco e fresco ao abrigo da luz, sem trepidações, com temperatura constante, sem odores fortes e preferencialmente na posição horizontal.
  • Vinícola: Chateau Ste. Michelle
  • Família: Vinho Fino
  • Estilo: Seco
  • Coloração: Tinto
  • Sommelier: Notas de Prova - Motto Zinfandel: Escuro e complexo, o nosso Zinfandel explode com aromas frutados brilhantes de ameixa, amora e marionberry. Além da fruta são notas de couro macio. O paladar revela sabores de framboesas cobertas de chocolate com um toque de especiarias.
  • Acidez total: 0.60 g/100mL
  • PH: 3.58

Chateau Ste. Michelle

A vinícola Chateau Ste. Michelle comemora mais de 50 anos de vinificação em 2018. Ela combina as tradições vinícolas do Velho Mundo com a inovação do Novo Mundo. De fato, Chateau Ste. Michelle é uma das poucas vinícolas premium do mundo, com duas vinhas de última geração: uma para os tintos e uma para os brancos. Os brancos são feitos no Chateau em Woodinville, WA, enquanto os tintos são feitos na adega Canoe Ridge Estate, no leste de Washington.

Zinfandel

Curiosamente, a famosa casta Zinfandel da Califórnia é a mesma uva Primitivo do Sul da Itália, muito cultivada na região da Puglia. Seu nome Primitivo se deve ao fato de esta uva ter uma maturação precoce – sendo uma das primeiras a ser colhida.  Durante muito tempo, a uva Primitivo foi usada para compor cortes de vinhos na região do norte da Itália, mas vem sofrendo um verdadeiro renascimento na Puglia, produzindo tintos escuros, concentrados e muito saborosos.  A casta foi trazida da Europa em meados do século XIX para o Novo Mundo e se adaptou extremamente bem ao clima e solo característico dos Estados Unidos, especificamente na região da Califórnia. Através de alguns testes científicos realizados por estudiosos, descobriu-se que a uva Zinfandel possui origem croata, tendo equivalência genética com a casta Primitivo, característica da Itália.  Tendo se adaptado ao clima e solo dos Estados Unidos, a casta possui 90% de sua produção mundial no país norte americano, sendo 11% somente na Califórnia, região em que a uva se tornou extremamente emblemática, produzindo vinhos excelentes. Apesar da maior parte dos vinhedos da casta estarem localizados nos Estados Unidos, a uva Zinfandel também é cultivada em menor proporção na África do Sul, no México e na Austrália, sendo os três principais países de área de cultivo depois da região norte americana.  Os vinhos elaborados a partir da tinta Zinfaldel apresentam coloração rubi intensa, destacando-se no paladar de modo geral ameixa, framboesa, amora e cereja. Dependendo da elaboração do processo de vinificação, os vinhos da casta podem apresentar notas de especiarias, como canela e até mesmo baunilha, caso ocorra o armazenamento em barris de carvalho americano. Com grande variação, a casta é conhecida pelo mundo com diferentes nomes, entre eles Primitivo Di Gioia, Locale, Plavac Meliki e Uva Di Corato.  Os vinhos elaborados com a casta Zinfandel podem ser tintos ou brancos (quase como um rosé). Normalmente com grande presença de teor alcoólico, os tintos são bastante balanceados e ajustados, já o White Zinfandel que é produzido com a casca da uva, é ligeiramente adocicado e leve.  Extremamente equilibrados, os vinhos tintos elaborados com a casta são excelentes opções para harmonizar com carne vermelha (especificamente filet mignon) e queijos amarelos. Já os brancos, acompanham muito bem pratos que levem frutos do mar. 

Califórnia

“Uma das maiores e melhores regiões produtoras de vinhos no Novo Mundo”, assim é tida a Califórnia por especialistas e amantes da bebida dos deuses. Depois dos três países mais tradicionais na vitivinicultura internacional, França, Itália e Espanha, o estado americano é o maior produtor de vinho no mundo, isto é, a quarta potência no que se refere ao cultivo, produção e comercialização da bebida em todo o planeta. Os números são impressionantes: o ensolarado estado da costa oeste norte-americana é responsável por mais de 90% da produção vinícola dos Estados Unidos, e, todo o ano, recebe a visita de cerca de 20 milhões de pessoas em suas principais regiões produtoras, que além de tudo oferecem ótimas alternativas de turismo para os apreciadores do vinho. Mas a importância da Califórnia no universo vinícola não está apenas nesses grandes números; os vinhos californianos são conhecidos, respeitados e prestigiados por serem de extrema qualidade, tintos complexos e encorpados, e brancos deliciosos produzidos a partir de uva bem maduras. O clima mediterrâneo, o frescor do vento constante, o sol imponente que às vezes dá lugar a chuvas bem localizadas, aliado às particularidades privilegiadas do solo em território cortado por pequenos vales dão à região um valor qualitativo muito alto para os vinhos lá produzidos. Napa Valley e Sonoma Valley são as duas principais regiões de produção vinícola na Califórnia, somente nelas existem mais de 800 vinícolas. A região da Napa concentra o maior número de vinícola no mundo, e produz vinhos de categoria elevada; a região de Sonoma, por sua vez, é conhecida por fornecer uvas de grande qualidade para a produção de vinhos em outras regiões. Mendocino, Monterey, Paso Robles, Russian River Valley, Dry Creek Valley, Alexander Valley também são regiões vitivinicultoras bastante conhecidas na Califórnia.

0 AVALIAÇÕES - 0.00 DE 5 ESTRELAS

  • Ótimo:

    0.0%

  • Muito bom:

    0.0%

  • Bom:

    0.0%

  • Não gostei:

    0.0%

  • Péssimo:

    0.0%

Avalie este produto:

Avaliar