Vinho Chileno Caballo Loco Grand Cru Limarí Tinto 2012

953

Por: R$ 269,90

R$ 256,41 (com 5% no boleto à vista)

em até 2x de R$ 134,95 sem juros no cartão

Produto indisponível
Avise-me quando chegar
Compartilhe:
O Vale de Limarí sofre forte influência marítima, com baixa precipitação anual, a tecnologia utilizada permite as plantas enraizar profundamente em solo rico em minerais. Desta maneira o Caballo Loco Grand Cru Limarí é um vinho fresco, com caráter mineral distinto. 
  • País: Chile
  • Região: Valle del Limari
  • Safra: 2012
  • Tipo: Tinto
  • Uva: Syrah / Shiraz
  • Volume: 750 ml
  • Teor alcoólico: 14.5000%
  • Temperatura de serviço: 15,0ºC a 18,0ºC
  • Combinações enogastronômicas: Perfeito para acompanhar carnes vermelhas suculentas, aves de caça, pato, coelho e peixes gordos.
  • Validade: Validade indeterminada desde que conservado com a sua vedação original em local seco e fresco ao abrigo da luz, sem trepidações, com temperatura constante, sem odores fortes e preferencialmente na posição horizontal.
  • Vinícola: Viña Valdivieso
  • Vinificação: Os frutos são colhidos a mão e selecionados cuidadosamente. A fermentação é feita em tanques abertos com remontagens para obter uma gentil e completa extração. A temperatura é mantida entre 28° e 32° C. O vinho permanece em uma longa maceração pós-fermentativa de 21 dias e então amadurece por 18 meses em barricas de carvalho francês.
  • Família: Vinho de Mesa Fino
  • Estilo: Seco
  • Coloração: Tinto
  • Sommelier: Notas de Prova - Caballo Loco Grand Cru Limarí Tinto 2012: Vermelho intenso com nuances de violeta. Aroma intenso e complexo de frutas negras, pimenta e oliva. Na boca é elegante com estrutura e taninos macios. Final persistente.

Viña Valdivieso

Viña Valdivieso remonta a 1879 quando Alberto Valdivieso fundou Champagne Valdivieso, a primeira empresa no Chile e na América do Sul a fazer vinho espumante. Mais de cem anos depois, no final da década de 1980, a empresa expandiu-se em uma nova direção quando começou a produção comercial de vinhos limpos, como Viña Valdivieso, em nossa adega do Vale do Curicó em LontuéAtualmente, os vinhos Valdivieso tiveram uma carreira bem sucedida, triunfando nos principais mercados mundiais e alcançando as mais altas honras nas competições internacionais. Essas conquistas não são um objetivo em si mesmas, mas sim o resultado da busca de vinhos de qualidade superior que são ambos distintivos e atraentes.

Syrah / Shiraz

Valle del Limari

O Chile produz vinhos que, de forma geral, possuem um estilo que encantam o paladar do brasileiro. Integrante do Novo Mundo, esse país possui uma vitivinicultura que vai muito além dos arredores da capital Santiago, como a região Valle del Limarí. Localizado na província de Coquimbo, a cerca de 400 quilômetros ao norte de Santiago e às portas do deserto do Atacama, o Valle del Limarí é uma importante área vitivinícola chilena. Seu nome é devido ao rio Limarí, que corta o vale levando água pura e cristalina das Cordilheiras dos Andes. Com um terroir que possui características excepcionais, o Valle del Limarí é um verdadeiro oásis em meio à paisagem desértica. A região possui um dos céus mais claros do mundo. Para se ter uma ideia, o Valle del Limarí recebe, aproximadamente, 35% a mais de intensidade solar quando comparado a outras regiões vitivinícolas chilenas, como o Valle Central. Outra característica marcante da região é a influência marítima do Oceano Pacífico. Por lá, essa brisa marítima recebe o nome de Camanchaca. É por isso que a temperatura local baixa com facilidade, devido às brisas durante os dias e as noites, o que ajuda no amadurecimento lento das uvas, resultando em uma maior concentração de aromas e sabores. Além das importantes características citadas, o Valle del Limarí tem um fator que determina a tipicidade da região e, consequentemente, de seus vinhos, que é a mineralidade. Isso ocorre devido à quantidade de carbonato de cálcio presente no solo, que é absorvido pela videira e até chegar aos cachos de uva. Apesar da atividade vitivinícola ser considerada recente, o Valle del Limarí vem ganhando a cada nova safra, mais visibilidade mundial. Seus vinhos cheios de personalidade estão conquistando excelentes pontuações e avaliações da crítica especializada. As principais uvas cultivadas na região são a Chardonnay e a Pinot Noir, mas outras variedades também são encontradas como a Syrah, Sauvignon Blanc, Viognier, Pinot Gris. Com um dos céus mais claros do mundo, uma impressionante incidência de luz e uma quantidade alta de dias de sol por ano, cerca de 300, essa região chilena, além de atualmente produzir vinhos incríveis, é um dos principais pólos de observação astronômica do mundo. Antes de ganhar fama pela qualidade da enologia, o Valle del Limarí chamou a atenção internacional em 1987, quando pesquisadores de La Serena fotografaram a explosão de uma estrela da categoria Supernova, feito considerado raro. O clima árido da região desértica é perfeito para a observação espacial, já que a umidade local é muito baixa, o que evita que as imagens captadas pelas lentes dos telescópios embacem.Cerca de 40% da atividade de observação astronômica do mundo se localiza hoje no Chile, por isso, além de vinícolas e degustações, existem diversas opções relacionadas ao astroturismo como visitas diurnas e noturnas para observação do cosmos e astrofotografia. A região também conta com uma floresta em meio ao deserto, o Parque Nacional Fray Jorge, que foi declarado Reserva Mundial da Biosfera pela UNESCO. Ideal para a observação de flora e fauna silvestres, o parque organiza atividades ecoturísticas, como caminhadas, excursões e cavalgadas. O lugar reúne mais de 700 espécies de plantas e também animais ameaçados de extinção. Não podemos deixar de contar sobre a Rota do Pisco, que abrange o Valle del Limarí e Elqui. Além do vinho, o Chile é muito famoso por essa deliciosa bebida.

0 AVALIAÇÕES - 0.00 DE 5 ESTRELAS

  • Ótimo:

    0.0%

  • Muito bom:

    0.0%

  • Bom:

    0.0%

  • Não gostei:

    0.0%

  • Péssimo:

    0.0%

Avalie este produto:

Avaliar