Vinho Francês Aimé Roquesante Rosé 2015

651

Por: R$ 109,90

R$ 104,41 (com 5% no boleto à vista)

em até 1x de R$ 109,90 sem juros no cartão

Frete
Compartilhe:
Fincada no coração de Provence, na comuna de Vidauban, Aimé Roquesante é uma das mais encantadoras e conhecidas vinícolas da região. Não é apenas por sua bela propriedade que Aime Roquesante se destaca, a vinícola possui localização privilegiada, aos pés do Maciço de Maures e há apenas 25 quilômetros do Mar, o que traz um terroir invejável, capaz de dar vida a vinhos memoráveis. 
  • País: França
  • Região: Côtes de Provence
  • Safra: 2015
  • Tipo: Rosé
  • Uva: Blend (Syrah, Grenache e Cinsault)
  • Volume: 750 ml
  • Teor alcoólico: 13.0000%
  • Temperatura de serviço: 10,0ºC a 12,0ºC
  • Combinações enogastronômicas: Entradas leves, carpaccio, steak tartar, preparações a base de pescados com molhos leves, pratos da cozinha mediterrânea, culinária oriental, como sashimis e sushis, aves grelhadas com molhos leve
  • Validade: Validade indeterminada desde que conservado com a sua vedação original em local seco e fresco ao abrigo da luz, sem trepidações, com temperatura constante, sem odores fortes e preferencialmente na posição horizontal.
  • Vinícola: Aimé Roquesante
  • Maturação: Sem estágio em carvalho.
  • Família: Vinho Fino
  • Estilo: Seco
  • Coloração: Rosé
  • Sommelier: Notas de Prova - Aimé Roquesante: Cor: Salmão intenso. Aroma: Frutas tropicais, como melancia, frutas cítricas, frutas vermelhas, como cerejas e amoras, além de toques minerais e de especiarias. Sabor: Leve, fresco e sutil, com boa acidez e final de boca frutado e mineral.

Aimé Roquesante

Fincada no coração de Provence, na comuna de Vidauban, Aimé Roquesante é uma das mais encantadoras e conhecidas vinícolas da região. Não é apenas por sua bela propriedade que Aime Roquesante se destaca, a vinícola possui localização privilegiada, aos pés do Maciço de Maures e há apenas 25 quilômetros do Mar, o que traz um terroir invejável, capaz de dar vida a vinhos memoráveis.

Blend (Syrah, Grenache e Cinsault)

A Syrah certamente origina alguns dos mais cultuados e apreciados vinhos do planeta. Os vinhos produzidos com a Syrah são profundos e encorpados, repletos de notas de especiarias e frutas negras maduras. É uma casta que pode originar vinhos com perfis aromáticos distintos, dependendo do tipo de clima onde é cultivada. Nas regiões de clima quente, os vinhos são encorpados, com notas que lembram ameixa e chocolate. Em regiões mais frias, são famosos os Syrahs com notas de pimenta-do-reino e couro. Incrivelmente longevos, os melhores exemplos de vinhospodem evoluir por décadas  na adega. Recentemente diversos países têm produzido vinhos tintos de classe mundial com a Syrah, atestando o grande potencial da casta. Além da França e Austrália, podemos certamente citar Itália, Chile, África do Sul, Estados Unidos e Argentina. Grenache é uma das uvas mais plantadas no mundo, alguns dizem ser a primeira de todas! Encontrada em famosos vinhos tintos, a Grenache também produz excelentes rosés, e até vinhos de sobremesa e fortificados. Os vinhedos de Grenache espalhados pelo planeta ocupam mais de 200.000 hectares, no total, mas 80% deles estão na França e na Espanha, maiores cultivadores dessa cepa. A Grenache é brilhante em vinhos varietais suaves, de cor clara e semitranslúcida, ideais para serem consumidos jovens.  A origem da casta Cinsault é o sul da França, na região de Languedoc-Roussillon, onde é muito cultivada, e sua pronúncia assemelha-se a “sãn-soul”. O vinho produzido com Cinsault é frutado, com uma cor vermelha atraente, aroma agradável, e poucos taninos. Seus aromas e sabores remetem a mirtilo, cereja, amora, pimenta, e carne vermelha. Gralmente é utilizada em cortes com Grenache, Syrah, Mourvèdre e Carigan, oferecendo suavidade, flexibilidade, leveza e aroma.    

Côtes de Provence

O charme começa pela localização: Provence fica no sul da França, entre os Alpes e o Mediterrâneo. Quase um sonho, que culmina no principal tipo de vinho da região: os rosés. A história do vinho na Provence começou séculos antes do nascimento de Cristo, com os romanos. Provence, aliás, vem do nome Província Romana. Provence é a mais antiga região vinícola de toda a França! Assim como em outras localidades, durante a Idade Média a cultura da vinha e a produção do vinho, em Provence, eram mantidos por monges. Aqui, produzia-se vinho não somente para fins religiosos, mas também para comercialização e sustento dos monastérios. Dos 600 produtores de vinho na região da Provence, mais de 400 deles produzem vinhos rotulados como Côtes de Provence, a maior denominação de origem (Appellation d'Origine Contrôlée, em francês) da região. Os vinhedos de Côtes de Provence ocupam aproximadamente 20.000 hectares, e são responsáveis por cerca de 120 milhões de garrafas produzidas por ano. Quase 90% dos vinhos Côtes de Provence são rosés, seguidos de 7% de tintos e 3% de brancos. Provence é, de fato, a região que mais produz rosés em toda a França. Cerca de 40% dos vinhos rosés franceses são da Provence! Na Provence, o clima é mediterrânico, quente, seco e ensolarado, contabilizando entre 2.700 e 2.900 horas anuais de Sol. A legislação que regula os vinhos da Provence reconhece oficialmente alguns terroirs específicos, dentro de Côtes de Provence: Côtes de Provence Sainte-Victoire, Côtes de Provence Fréjus, Côtes de Provence La Londe, e Côtes de Provence Pierrefeu. As uvas predominantes nos vinhos de Côtes de Provence são Grenache, Syrah, Mourvèdre, Cinsault e Tibouren, sendo que essa última destaca-se por ser uma cepa autenticamente provençal.

0 AVALIAÇÕES - 0.00 DE 5 ESTRELAS

  • Ótimo:

    0.0%

  • Muito bom:

    0.0%

  • Bom:

    0.0%

  • Não gostei:

    0.0%

  • Péssimo:

    0.0%

Avalie este produto:

Avaliar