Vinho Português Roquette & Cazes Tinto Blend 2013

186

Por: R$ 224,90

R$ 213,66 (com 5% no boleto à vista)

em até 2x de R$ 112,45 sem juros no cartão

Produto indisponível
Avise-me quando chegar
Compartilhe:
SISTEMATIZAÇÃO: Patamares SOLO: Xisto IDADE DAS VINHAS: 33 anos
  • País: Portugal
  • Região: Douro DOC
  • Safra: 2013
  • Tipo: Tinto
  • Uva: Blend (Tinta Roriz, Touriga Franca, Touriga Nacional)
  • Volume: 750 ml
  • Teor alcoólico: 14.5000%
  • Temperatura de serviço: 16,0ºC a 16,0ºC
  • Sugestão de
    decantação:
    Decantar Previamente
  • Combinações enogastronômicas: Acompanha bem pratos de carne no forno e caça.
  • Validade: Validade indeterminada desde que conservado com a sua vedação original em local seco e fresco ao abrigo da luz, sem trepidações, com temperatura constante, sem odores fortes e preferencialmente na posição horizontal.
  • Vinícola: Château Lynch-Bages e Quinta do Crasto
  • Vinificação: São usadas duas vinhas com diferentes localizações no vale do Douro: Cima Corgo e Douro Superior: As castas estão plantadas por talhões separados. As uvas foram vindimadas no ponto óptimo de maturação, transportadas em caixas de plástico alimentar de 25 kg e sujeitas a uma rigorosa triagem à entrada da adega, antes de serem desengaçadas, esmagadas e transferidas para cubas inox troncocónicas, com controlo de temperatura. Recorre-se a macerações prolongadas com “delestages”, técnica francesa que aqui é usada em alternativa às remontagens clássicas. Esta técnica permite manter a identidade dos vinhos da região do Douro, com a mais-valia de fugir á rusticidade e aumentar a elegância.
  • Maturação: Em barricas de carvalho francês (70% novas, 30% de um ano) durante 18 meses.
  • Família: Vinho de Mesa
  • Estilo: Seco
  • Coloração: Tinto
  • Sommelier: Notas de Prova - Roquette & Cazes 2013: Cor: Violeta intenso. Nariz: Excelente complexidade aromática, com notas de frutos silvestres frescos bem integrados com elegantes notas de violeta e especiarias. Boca: Início elegante, que evolui para um vinho de volume e estrutura compacta de taninos de textura fina. Agradável sensação de frutos do bosque em perfeita harmonia com suaves notas violetas. Final de grande solidez, frescura e persistência.

Château Lynch-Bages e Quinta do Crasto

Os 90 de Château Lynch-Bages estão localizados fora da cidade de Pauillac. O solo bem drenado consiste principalmente em camas de cascalho profundo sobre um substrato de pedra calcária e é plantado predominantemente com variedades de uvas de vinho tinto (73% Cabernet Sauvignon, 15% Merlot, 10% Cabernet Franc e 2% Petit Verdot). Há também uma parcela pequena (aproximadamente 4,5 plantada com variedades brancas (40% Semillon, 40% Sauvignon Blanc e 20% Muscadelle).

 

A Quinta do Crasto, S.A. é uma empresa portuguesa – PME Líder 2015 – produtora de vinhos do Douro e do Porto, sedeada em Gouvinhas, concelho de Sabrosa, Norte de Portugal. Localizada em pleno Vale do Douro, a mais antiga região vitícola regulamentada do mundo e também classificada como Património Mundial pela UNESCO em 2001, a Quinta do Crasto usufrui de condições excecionais para a produção de vinhos e de azeites da mais alta qualidade.Anualmente, a Quinta do Crasto produz no Douro um milhão e quatrocentas mil garrafas de vinho do Douro e do Porto de diversas categorias, 25% das quais destinadas ao mercado nacional e as restantes 75% destinadas a exportação para cerca de 40 mercados, localizados nos 5 continentes. Nestes últimos quatro anos, a Quinta do Crasto tem lançado um novo vinho anualmente: em 2014, lançou o vinho do Douro Crasto Superior Branco; em 2015, lançou um vinho Regional Duriense, o Crasto Superior Syrah, fruto da sua aposta na inovação e na conquista de novos mercados internacionais; e, em 2016, aumentou a sua gama de Vinhos do Porto, com o lançamento do Quinta do Crasto Colheita. Este ano, a Quinta do Crasto acaba de lançar um novo vinho do Douro: o Crasto Rosé. Para além dos vinhos, a Quinta do Crasto produz ainda anualmente quarenta e cinco mil garrafas de azeite virgem extra a partir das azeitonas dos seus olivais cultivados em regime biológico, localizados na região do Cima Corgo e do Douro Superior.

Blend (Tinta Roriz, Touriga Franca, Touriga Nacional)

A Tempranillo é a uva tinta mais importante da Espanha, com a maior área plantada. Trata-se de uma casta bastante antiga, que por sua alta qualidade se espalhou por toda Península Ibérica, sendo também muito importante em Portugal, onde é mais conhecida como Tinta Roriz. Por ser uma casta antiga, ela é identificada por nomes diferentes em cada região: Tinta del País em Ribera del Duero, Tinta del Toro na região de Toro, Aragonez em Alentejo, Tinta Roriz na região de Douro e Dão, Concibel em Castilla-la-Mancha, Tinto Fino nas regiões de Extremadura, Castilla-la-Mancha, Ribera del Duero e Ull de Llebre na Catalunha. Com cachos longos e grandes, a uva Tinta Roriz é cultivada em locais com solos profundos sem muita presença de água, já que a elevada umidade pode reduzir a qualidade da casta. A Tinta Roriz é utilizada no modo de corte e na elaboração de vinhos tintos varietais. Com rendimentos mais altos, os vinhos tintos tendem a ser mais leves e frutados, mas a casta Tinta Roriz de vinhedos antigos ou de baixos rendimentos pode originar vinhos tintos potentes e longevos, certamente entre os melhores do mundo.   A uva Touriga Franca, chamada até o ano de 2000 de Tinta Francesa, é a casta com a maior área plantada da Região do Douro, em Portugal. Originária de um cruzamento natural entre a uva Touriga Nacional com a casta Marufo (Mourisco Tinto), a cepa Touriga Franca é bastante cultivada em Portugal na região do Douro, obtendo maior destaque nos vinhedos do país do que a uva Touriga Nacional, uma das variedades que originiou o seu surgimento. Apesar de dados confirmarem sua forte presença nos vinhedos lusitanos, é extremamente raro encontrar vinhos varietais elaborados a partir de sua casta, sendo mais comum a utilização de sua variedade em corte com outras cepas, originando vinhos tintos de grande aceitação e bastante apreciados pelo mundo. Utilizada na elaboração de vinhos tintos de coloração intensa, a casta Touriga Franca é considerada uma das melhores castas portuguesas de corte, conferindo bastante finesse aos vinhos que a levam. Com a crescente da casta, a Touriga Franca possui, atualmente, superfície vitícola de aproximadamente 13.200 hectares, podendo ser encontrada também nas regiões portuguesas de Dão, Trás-os-Montes, Bairrada, Ribatejo, Estremadura e Setúbal.   Originária da região do Dão, esta casta é a mais célebre uva portuguesa da atualidade. A Touriga Nacional também é bastante comum no Douro, onde aparece em vinhas velhas. Apesar de existirem mais de 20 cepas utilizadas no corte dos exuberantes Vinhos do Porto, pode-se dizer que a Touriga Nacional é a de maior destaque, sendo a principal casta utilizada atualmente nos irreverentes e conhecidos tintos portugueses. Os bagos da Touriga Nacional são pequenos, ligeiramente achatados e possuem uma coloração forte, ficando entre os tons de azul escuro e o preto. Graças a pele, de excelente espessura, os vinhos elaborados a partir da uva Touriga Nacional possuem cor bastante intensa e aromas bastante profundos. Seus vinhos são ricos e concentrados, de aromas muito característicos, com grande personalidade, muita estrutura tânica e coloração profunda. 

Douro DOC

Douro é uma região vinícola portuguesa centrada no rio Douro na região de Trás-os-Montes e Alto Douro . Às vezes é referido como o Alto Douro (alto do Douro), uma vez que está localizado a alguma distância a montante do Porto , protegido por cordilheiras de influência costeira. A região possui a classificação vinícola mais alta de Portugal como Denominação de Origem Controlada (DOC). Enquanto a região está associada principalmente à produção de vinho do Porto , o Douro produz tanto vinho de mesa (vinhos não fortificados) como o vinho fortificado . Os vinhos não fortificados são tipicamente referidos como "vinhos do Douro" 

O estilo de vinhos produzidos na faixa Douro de luz , Bordeaux estilo clarete para ricos da Borgonha vinhos estilo envelhecidos em nova de carvalho. 

0 AVALIAÇÕES - 0.00 DE 5 ESTRELAS

  • Ótimo:

    0.0%

  • Muito bom:

    0.0%

  • Bom:

    0.0%

  • Não gostei:

    0.0%

  • Péssimo:

    0.0%

Avalie este produto:

Avaliar